O BRICS Policy Center e a Fundação Mott organizaram o seminário “Papel da China na Transição Energética Justa e Sustentável”

O BRICS Policy Center e a Fundação Mott organizaram, no dia 03 de outubro de 2023, o seminário “Papel da China na Transição Energética Justa e Sustentável”, o evento foi aberto ao público e ocorreu no Auditório Padre Anchieta da PUC-Rio. Além da mesa de abertura, que contou com as presenças da Diretora do IRI/PUC-Rio, Professora Isabel Siqueira, a Diretora do BRICS Policy Center, Professora Marta Fernández, o representante da Reitoria da PUC-Rio, Professor Rogério Werneck, o Diretor da Fundação Mott, Neal Hegarty e do Cônsul Comercial da China no Rio de Janeiro, Xu Yuansheng. O primeiro painel, intitulado “China e as perspectivas de transição energética mundial”, teve a participação de Maria Elena Rodríguez professora do IRI e Rebecca Ray professora da Boston University; e o segundo painel, chamado “Transição energética na América Latina: a China como parceiro estratégico?”, contou com Roberto Kishiname do Instituto Clima e Sociedade, Mark Bo, pesquisador do Inclusive Development International e Paulina Garzon diretora de Latinoamerica Sustentable.

Tendo em vista a influência da China sobre seus parceiros comerciais nos eixos de tecnologia, investimento e intercâmbio de conhecimentos, o evento debateu como o país asiático pode vir a ter dois papéis bem distintos na América Latina: o de indutor da transição energética, dado seu papel ativo nas discussões internacionais sobre este tema, ou de contribuidora para o aprofundamento de um modelo energético dependente de materiais fósseis, dadas as numerosas importações de petróleo que são obtidas pelos chineses nas relações com os países latino-americanos. A China também pode desempenhar um papel como fornecedor de equipamentos para produzir energia limpa e promover a cooperação e o intercâmbio de conhecimentos, fundamentais para o futuro desenvolvimento da América Latina.