Este documento tem foco nas finanças do clima, que engloba uma parte substantiva dos recursos na agenda mais ampla de sustentabilidade. Ter uma melhor compreensão deste campo é importante, dado o possível risco de outros recursos de desenvolvimento serem sequestrados pela retórica do financiamento climático. O documento também apresenta dados atualizados sobre os fluxos de financiamento climático e para a implementação da Agenda 2030. Por fim, apresenta algumas evidências de como a China e as instituições financeiras lideradas pela China estão se tornando atores-chave nesse campo. O documento só está disponível em inglês.


Download